Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Introdução:

Assim como no Brasil os desafios para cultuar o Orisa em terra ioruba não são poucos, a começar com o preconceito de membros de outras religiões que está causando nos iorubas a vergonha de seus cultos. Dra Paula Gomes, portuguesa, que vive hoje na Nigeria, está fazendo um imenso trabalho para preservar o culto dos Orisa e suas tradições, inclusive ela acredita que o turismo religioso possa ser um grande avanço para economia.

Vejamos a entrevista dado para o canal Naij.com ( nigeriano)

 

Entrevista dada para o Portal : Naij.com ( portal nigeriano) https://www.naij.com/973394-revealed-jesus-idol-biggest-mistakes-yorubas-make-photosvideo.html

Transcrição do vídeo para o português

Nome da Matéria: Nigéria pode desenvolver o turismo com a religião tradicional .

Dra. Paula Gomes mandou uma mensagem forte para os Yorubas e para O governo Nigeriano: para que tenham orgulho da ancestralidade e que investir em sua religião  pode ser um caminho para o desenvolvimento.

Dra Paula Gomes: Meu nome  é Paula Gomes, sou portuguesa e eu trabalho com a Majestade Kabiyesi Alaafin de Oyo. Sou a embaixadora cultural e ou trabalho que faço aqui é dar suporte para preservação da ancestralidade.

Naij.com Pergunta: Qual é o preconceito que as pessoas tem sobre Sango e que a senhora gostaria de corrigir?

11045509_411528152357939_8201222258865427753_nDra Paula Gomes: Quando falamos de preconceitos estamos falando especialmente dos Yorubas, não apenas sobre Sango mas sobre a religião tradicional Yoruba e a espiritualidade e a cultua no geral, não é só sobre Sango , mas sobre todos Irunmule,  pessoas aqui acreditam que coisas que vem de fora são boas, e que coisas que estão aqui são erradas. As pessoas acreditam que os Yorubas reverenciam ícones/estatuas/idolos.  Yorubas não cultuam ícones/estatuas/ídolos. Os Yorubas cultuam Deus que é Eledumare. Eledumare não tem corpo e ninguém pode vê-lo assim como é para os Cristãos. Ninguém pode ver Deus!  Mas os Yorubas acreditam que porque ninguém pode ver Eledumare,  Eledumare “pessoalmente” deu poderes para outras divindades para que elas pudessem interagir com os humanos. E não tem nada de errado nisso.  Tem muitos conceitos equivocados mas os Yorubas não cultuam ícones/estatuas/ídolos. Se nós falarmos sobre cultuar ícones/estatuas/ídolos teríamos que falar isso de forma geral. Jesus é um ídolo então por que se cultua Jesus. Eu  minha mãe eu cultuo minha mãe, se vc tem um cantor favorito Pasuma, Osupa ( cantores Nigerianos) pelo que eu ando visto as pessoas cultuam estes cantores. Então ‘idolos” pode ser algo muito vasto. Sango é uma divindade e um irunmale, por que ele também veio para terra como um humano. esse é o motivo do por que o 4 alaafin de de Oyo é conhecido como Sango seu extraordinária espiritualidade e poderes ficaram conhecidos no mundo todo.

Naij.com Pergunta: Alguns nigerianos que são  islâmicos e cristãos não ficaram orgulhosos com o festival de Sango, o que a senhora tem a dizer a eles?

Dra Paula Gomes: Essa é uma questão muito complexa, você sabe que hoje em dia todos são livres no mundo. Eu não quero falar sobre a fé. Por que todo mundo é livre para ter fé no que quiser, mas a religião não é só limitada ao cristianismo os islamismo.Tem muitas religiões no mundo. Mas você não pode negar de onde você veio! Se você negar sua identidade estará negando a você mesmo. A POPULAÇÃO YORUBA TEM QUE TER ORGUILHO DELAS MESMAS. ENÃO TEM QUE FICAR COM VERGONHA DE SEUS ANCESTRAIS, DE SUA CULTURA E DE SUAS TRADIÇÕES.

13254431_583108908533195_7571680031916292974_nAs pessoas deveriam pensar bem sobre por que o governo Nigeriano investe dinheiro para mandar pessoas para Mecca e para Jerusalem, só estou dando minha opinião, estes dólares estão indo para estes dois lugares, estão desenvolvendo a economia destes dois países.  Estão dando empregos, você me entende? E por que não desenvolver a Nigéria e o povo Yoruba? Os locais históricos , os santuários, os festivais?  Chamar as pessoas para virem para a Nigéria fazer turismo, este é um modo de desenvolvimento econômico. Vamos investir dólares nos Yorubas nos Nigerianos,  pois precisam de empregos. Por que não desenvolver o turismo? Kenya, quem conhece o kenya? Nós conhecemos o kenya somente por causa do turismo. Mas os Yorubas são conhecidos por sua religião por sua espiritualidade, por sua cultuara por sua tradição. Por que não investir e as pessoas mesmas se encarregaram de criar novos trabalhos.

Naij.com Pergunta: Você falou que veio para Nigéria quando você era adolescente, como você se interessou pela cultura Yoruba e como ela afetou sua vida?

10689584_377325685778186_388214542281612555_nDra Paula Gomes: Eu sou formada em historia e línguas, eu lia muito na universidade, eu não acreditava no que eu estava lendo eu não acreditava que a espiritualidade dos Yorubas esta aqui ( Nigeria), então eu vim ver 24 anos atrás, e eu fiquei impressionada. Tocou meu espírito, eu fiquei apaixonada pelas pessoas, pela cultuara , e pela tradição e a espiritualidade. Como isso afetou minha vida?

Eu acho que me tornei uma pessoa melhor e me torno todos os dias. Por que quando você vive em um outro pais, você tem que se adaptar, e para eu viver aqui eu tive que realmente que amar o que eu faço aqui. Todos nós somos complexos, nós todos somos diferentes com culturas diferentes, mas nós todos somos um. Temos que nos aceitar,  sem se importar de onde viemos,  e no que cada um acredita.

Nós estamos trabalhando em projeto de preservação da intangível ancestralidade como o Festival de Sango, estamos restaurando os templos dos Orisa. Encorajamos que as comunidades tenho orgulhos da ancestralidade, da cultura  e da religião Yoruba ( Religião Orisa) as pessoas não podem ficar com vergonha, e orientamos que elas tem que  passar o conhecimento de geração para geração.

Compartilhar...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here